Doutorado em Estudos de Cultura pela Universidade Católica Portuguesa, com tese sobre iconografia religiosa. É mestre em História da Arte e licenciado em História. É Assistente na Faculdade de Ciências Humanas desde 2003, onde leciona as cadeiras de História da Arte e de História Contemporânea. É investigador no Centro de Estudos de Comunicação e Cultura (CECC), integrando a linha de investigação "Art, Culture and Citizenship".

Capítulo de Livro

Maria Isabel Roque, Paulo Campos Pinto, Iconografia do paraíso na arte portuguesa e na arte inculturada de influência portuguesa (sécs. XV-XVII)

Paulo Campos Pinto 2018. Samuel Dimas, Renato Epifânio, Luís Loia (Coord.), Redenção e Escatologia. Estudos de Filosofia, Religião, Literatura e Arte na Cultura Portuguesa, vol. 2/2, Idade Moderna, Lisboa: Universidade Católica Editora, 2018, pp. 124-150.
Outras

Os Ballets Russes: Modernidade após Diaghilev / The Ballets Russes: Modern Times after Diaghilev (Coor. / Edit by Isabel Capeloa Gil, Paulo Campos Pinto)

Paulo Campos Pinto 2018. Documenta
Outras

Pinturas como pregação muda da eucaristia: nas igrejas de Lisboa dos séculos XVII e XVIII (Universidade Católica Portuguesa)

Outras

A Iconografia eucarística da Reforma Católica na pintura das igrejas da Diocese de Lisboa (Basílica da Estrela)

Outras

Iconografia eucarística na pintura da Reforma Católica (Universidade Europeia)

Outras

O programa de pinturas eucarísticas da igreja de São Cristóvão, de Lisboa: contributos para uma leitura iconológica (Universidade Católica Portuguesa - Field Work - CECC)

Outras

O programa de pinturas eucarísticas de S. Cristóvão, de Lisboa: uma leitura iconológica (Seminário Valorizar e Conservar o Património no séc. XXI. Câmara Municipal de Lisboa)

Outras

Iconografia na arte portuguesa e na arte oriental de influência portuguesa: séc. XV-XVII”, 5º Seminário Redenção e Escatologia no Pensamento Português (em co-autoria com Maria Isabel Roque - Universidade Católica Portuguesa )

Artigo de opinião

Ensaio sobre leques comemorativos portugueses (em separata)

Paulo Campos Pinto 2009. Gonçalo de Vasconcelos e Sousa (Dir.), Revista de Artes Decorativas, nº 3, 2009, Porto: CITAR/Escola das Artes, pp. 123-156.
Capítulo de Livro

Leques

Paulo Campos Pinto 2008. José Alberto Ribeiro (Coord.), Os Anos de Exílio da Rainha D. Amélia – Colecção Remi Fénérol, 2008, Lisboa: Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves, pp. 144-147; 178-179, (edição em português, Francês e inglês)
Capítulo de Livro

Os Portugueses na rota dos leques: o acervo da Fundação Oriente

Paulo Campos Pinto 2008. João Calvão (Coord.), Presença Portuguesa na Ásia - Testemunhos. Memórias. Coleccionismo, 2008, Lisboa: Fundação Oriente, pp. 219-226.
Outras

Nazaré Álvares: Pintura

Paulo Campos Pinto 2007. Nazaré Álvares - Galeria DITEC
Outras

Leques: Tópicos de um estereótipo

Paulo Campos Pinto 2005. D. Quixote, Lisboa: Companhia Nacional de Bailado / Ministério da Cultura [Programa de Sala]
Capítulo de Livro

Os Leques

Paulo Campos Pinto 2005. Madalena Brás teixeira (Coord.), Museu Nacional do Traje - Roteiro, 2005, Lisboa: Instituto Português dos Museus, pp. 127-133
Livro

Natália Correa Guedes (Coord.), Alexandre Arménio Tojal, Paulo Campos Pinto, Bandeiras das Misericórdias, 2002, Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos 500 Anos das Misericórdias.