Estatuto de Estudante Internacional - Nacionalidade Brasileira


Os estudantes brasileiros têm a possibilidade de concorrer aos programas de Licenciatura da FCH-Católica com o ENEM. Nesta página encontrará disponível a informação para os estudantes que cumpram os requisitos de elegibilidade definidos legalmente no Estatuto de Estudante Internacional.

Para este efeito, é considerado estudante internacional o estudante que, cumulativamente:

  • Não tenha nacionalidade de um estado membro da União Europeia;
  • Não seja descendente direto, cônjuge (marido/mulher) ou parceiro(a) de cidadão nacional de um estado membro da União Europeia;
  • Não resida legalmente em Portugal há mais de 2 anos, de forma ininterrupta em 1 de janeiro do ano em que pretenda ingressar no ensino superior (o próprio, o cônjuge ou algum dos pais com quem resida legalmente);
  • Não seja beneficiário, em 1 de janeiro do ano em que pretende ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que é nacional.


O ingresso de cidadãos estrangeiros que não se encontrem abrangidos pelo Estatuto de Estudante Internacional é realizado nas condições aplicáveis aos estudantes com nacionalidade portuguesa.

Para isso, deverá inscrever-se numa escola secundária portuguesa para realizar os exames nacionais em Portugal e apresentar uma das provas exigidas pela FCH-Católica ou poderá realizar em Portugal ou no Brasil uma prova homóloga à exigida através do sistema internacional de ensino, por exemplo IB ou SAT Exams. Para saber quais as disciplinas terminais análogas às provas de ingresso solicitadas, contacte a FCH.
 

Requisitos de Acesso
 

Para a candidatura ser avaliada deverá preencher os seguintes requisitos:

  • Ser considerado Estudante Internacional;
  • Ter concluído o Ensino Médio;
  • Ter realizado o ENEM (prova de ingresso);
  • Ter equivalência ao ensino secundário português ou ter concluído uma qualificação que lhe dê acesso ao ensino superior no país de origem.

 

Calendário de Candidaturas 2024/2025

 

1.ª Fase

2.ª Fase

  • Candidaturas: 4 de dezembro a 4 de janeiro
  • Resultados: 18 de janeiro
  • Matrículas: 19 a 26 de janeiro
  • Candidaturas: 5 de janeiro a 29 de fevereiro
  • Resultados: 15 de março
  • Matrículas: 18 a 25 de março 

3.ª Fase

4.ª Fase

  • Candidaturas: 1 de março a 29 de abril
  • Resultados: 14 de maio
  • Matrículas: 15 a 22 de maio
  • Candidaturas: 30 de abril a 12 de junho
  • Resultados: 24 de junho
  • Matrículas: 26 de junho a 3 de julho 

Caso existam vagas sobrantes após a segunda fase, a Faculdade de Ciências Humanas pode, caso assim o entenda, disponibilizar estas vagas para uma terceira fase de candidaturas. Estas candidaturas podem ser apreciadas por ordem de entrada, esgotando-se com o seu preenchimento, ou podem ser seriadas em prazo a definir pela Faculdade.

Provas do ENEM e Vagas de Acesso 

 

Licenciatura

Prova do ENEM

Vagas

Comunicação Social e Cultural Redação: 50% e
Ciências Humanas e Suas Tecnologias: 50%
20
Filosofia, Política e Economia Redação: 50% e
Matemática e Suas Tecnologias: 50%
12
Línguas Estrangeiras Aplicadas Redação: 50% e
Ciências Humanas e Suas Tecnologias: 50%
12
Psicologia Redação: 50% e
Ciências Humanas e Suas Tecnologias ou
Ciências da Natureza e Suas Tecnologias: 50%
12
Serviço Social Redação: 50% e
Ciências Humanas e Suas Tecnologias: 50%
12
Filosofia (Ensino a Distância) Redação: 50% e
Ciências Humanas e Suas Tecnologias: 50%
12

 

Nota de Candidatura
 

A nota de candidatura é calculada da seguinte forma:

  • Classificação final do curso de ensino médio (nota mínima positiva): 60%
  • Classificação da área do ENEM relevante para o curso a que se candidata (nota mínima 475): 40%


Conversão da Classificação e
Cálculo da Nota de Candidatura


NOTA: As classificações obtidas serão convertidas para a escala portuguesa, conforme legislação aplicável.

 

Documentação necessária para candidatura
 


Nota: A documentação original deverá ser devidamente autenticada pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas dos países estrangeiros em Portugal, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. Caso a candidatura seja feita por e-mail, os documentos apostilados terão de ser entregues no ato da matrícula. 

 

Processo de Candidatura
 

1.º Passo – Inicie a sua candidatura online (AQUI

Preencha os seus dados pessoais, selecione o programa que pretende candidatar-se e anexe todos os documentos obrigatórios. *

O documento original ou uma cópia autenticada deverá ser apresentado na Secretaria Escolar da UCP no momento da matrícula.

* Atenção que todos os documentos deverão ser submetidos em formato PDF.

 

2.º Passo – Pagamento da taxa de candidatura

Após preencher a candidatura e anexar os documentos necessários deverá efetuar o pagamento da taxa de candidatura (165.00€ - valor não reembolsável). Atenção que a candidatura apenas será considerada completa após pagamento da taxa.



3.º Passo – Resultados da candidatura

Os resultados serão disponibilizados na Área do Candidato na data prevista, com a indicação de “Admitido” ou “Não Admitido”. Deverá aceder a esta área com as credenciais que receberá no final da sua candidatura.

Após a divulgação dos resultados, receberá um email com o procedimento a seguir para efetuar a matrícula.

 

INICIE A SUA CANDIDATURA AQUI

Testemunho

Magdalena Brito LEA

Magdalena Brito

"Escolhi a variante de relações empresariais pela abrangência do plano curricular. Sinto que este curso abre vários horizontes que vão ser importantes para o meu futuro profissional."

Próximos Eventos

02
Jul
09:00