Intercultural Literature in Portugal (1930-2000): a Critical Bibliography

O projeto de investigação Intercultural Literature in Portugal (1930-2000): a Critical Bibliography resulta de uma parceria entre o CECC, o Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica Portuguesa, e o CEAUL/ULICES, o Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa. No âmbito do primeiro, o projeto tem sido desenvolvido pelo grupo de pesquisa  “Cognition and Translatability”; já no segundo, tem integrado o trabalho dos membros afetos aos “Translation and Reception Studies”.

O objetivo principal deste projeto é criar uma bibliografia de literatura publicada em Portugal entre 1930 e 2000, em formato livro e em português europeu, traduzida a partir de uma qualquer língua estrangeira. Numa fase inicial, os resultados da compilação serão apresentados exclusivamente numa base de dados disponível online. No futuro, é esperada a edição de um volume contendo todos os resultados da análise. 

A base de dados está disponível para consulta (livre de encargos) desde 2010, em http://www.translatedliteratureportugal.org/eng/index.htm. O dados relativos ao período entre 1930 e 1990, que totalizam 27.353 entradas, podem já ser consultados (última atualização: dezembro de 2020). De momento, está em curso a fase final do projeto, que abrange o período entre 1991 e 2000.

A investigação passo a passo:

  • Dezembro 2010: lançamento da base de dados online - cerca de 4.500 resultados, situados no período entre 1930 e 1955;
  •  Novembro 2012: cerca de 13.900 resultados, até ao ano de 1965;
  •  Maio 2015: cerca de 15.700 resultados, até ao ano de 1974;
  •  Julho 2018: cerca de 20.200 resultados, até 1981;
  •  Abril 2019: cerca de 24.260 resultados, até 1986;
  •  Agosto 2020: cerca de 25.786 resultados, até 1988;
  •  Dezembro 2020: cerca de 27.353 resultados, até 1990;
  •  2021-2022: recolha e análise de dados afetos ao período entre 1991 e 2000.

 

Base de dados dos relatórios da censura produzidos durante o Estado Novo:

O primeiro estudo aprofundado sobre os relatórios da censura produzidos durante o Estado Novo (1934-1974), conduzido por Teresa Seruya e Maria Lin Moniz, inclui uma cuidada indexação de tais relatórios. O índice pode ser consultado através do seguinte link:

 

Em estreita colaboração com os serviços de arquivo da Torre do Tombo, o CECC esforçou-se para que os relatórios fossem digitalizados, assim contribuindo para a preservação de conteúdos de elevada importância histórica e arquivística como aqueles em apreço. As versões digitais podem ser consultadas em: http://antt.dglab.gov.pt

 

Informações detalhadas sobre como os arquivos podem ser consultados online estão disponíveis no manual que aqui indicamos: